Museu Etnográfico

Museu Etnográfico

Museu Etnográfico

Com base nos sucessivos contactos com outras colectividades congéneres, surgiu a ideia de recolha das tradições da região junto da população local.

À medida que esta recolha aumentava, nascia e ganhava forma a ideia de se criar um museu. A sua concretização não se fez esperar muito, tendo-se realizado a primeira exposição em 12 de Julho de 1984, fruto da recolha efectuada. Nascia assim o museu que teve o nome de MUSEU ETNOGRÁFICO DO RANCHO FOLCLÓRICO DANÇAS E CANTARES DE CAMPELOS e que funcionou, primeiramente, na rua Júlio Faustino, por detrás do Centro de Saúde.

Em Julho de 1985, o museu mudava-se para as actuais instalações, cedidas por empréstimo a título gratuito. Tratava-se de uma casa antiga, bem localizada, com características de habitação rural, estando, no entanto, bastante degradada, pelo que foi necessária a sua recuperação. O rancho lançou-se então numa aventura que venceu: comprou e restaurou as instalações, que passaram a ser o Museu e a sede do grupo.

Para arranjar fundos foram organizadas festas, sorteios, e até um cortejo de oferendas a favor do museu, que se realizou no dia 9 de Julho de 1989.

O museu foi restaurado e inaugurado em Julho de 1994, pelo Sr. Secretário de Estado da Administração Local, Dr. Pereira Reis.

Sendo um marco vivo da força e da existência do rancho, devido a custos de manutenção, abre as suas portas por ocasião do festival de folclore e a pedido das escolas e ou de grupos diversos, bem como sempre que se justifique.